Persuasão

Autor (a): Jane Austen
Editora: Martin Claret
Páginas: 320
Classificação: 5

Anúncios

download-png-5

O enredo deste empolgante livro gira em torno dos amores de Anne Elliot que se apaixonara pelo pobre, mas ambicioso jovem oficial da marinha, capitão Frederick Wentworth. A família de Anne não concorda com essa relação e a convence romper seu relacionamento amoroso. Anos após Anne reencontra Frederick, agora cortejando sua amiga e vizinha, Louisa Musgrove. ‘Persuasão’ é amplamente apreciada, pois tem uma simpática história de amor, de trama simples e bem elaborada, e mostra o estilo de narrativa irônica de Jane Austen. Além disto, é original, pelo fato, entre outros motivos, de ser uma das poucas histórias da escritora que não apresenta a heroína em plena juventude. O romance também é um apanágio ao homem de iniciativa, através do personagem do capitão Frederick Wentworth que parte de uma origem humilde e que alcança influência e status pela força de seus méritos e não através de herança.

Gente, Jane Austen, acho que só de falar o nome dessa autora MARAVILHOSA, já imaginamos que o livro é muito bom, e realmente é.

O livro conta a história da Anne Elliot, que mora com o pai e a irmã, mas ela é meio que a rejeitada da família, o pai e a irmão não ligam muito pra ele, e tem toda uma pressão dela ter 28 anos, e ainda não é casada, e naquele época, era já era muito velha para não ser casada e não ter filhos.

A autora consegue descrever muito bem os costumes daquela época, como eles viviam, como era importante ter título, ter nome, como a herança de uma família era importante para um casamento.

E a família de Anne já não tem mais tanto dinheiro quanto eles tinham antes, o pai não soube usar muito bem o dinheiro, e para os padrões deles, é como se estivessem pobres, já que não podem mais usufruir do dinheiro como gostariam.

Mas Anne é muito simples, muito boa, muito inteligente, e quando jovem foi apaixonada pelo Frederick Wentworth, mas na época ele não tinha dinheiro, nem um cargo e lugar importante na sociedade, então ela foi influenciada a não se casar com ele.

Mas ela nunca o esqueceu, até que ele volta para a cidade, com dinheiro e como Capitão Wentworth, e ela volta a lembrar de tudo que viveram, e de como ela se arrepende da decisão que tomou.

“Só por você eu vim a Bath. Só por você eu penso e faço planos. Será que não me viu? Será que você não conseguiu entender os meus desejos? Não teria esperado nem esses dez dias se tivesse podido ler os seus sentimentos, como acho que vocÊ entendeu os meus.

                                                                                                                                      Pág. 280/281″

Eles começam a frequentar os mesmos lugares, e começam a se aproximar, e muitas coisas começam a acontecer, e muitas informações incorretas começam a circular pela sociedade.

Bom, não posso contar muito, senão perde a graça.

Confesso que Persuasão não é o meu livro preferido da Jane Austen, o meu preferido dela é Orgulho e Preconceito, eu amo esse livro, amo a história, os personagens, amo tudo no livro, foi um livro que me deixou com uma grande ressaca literária.

Mas persuasão é muito bom também, como todos os livros que eu li da Jane Austen, e o curioso desse livro pra mim, é que eu fiquei com vontade de ler por causa do filme A casa do lago, com a Sandra Bullock, e eu comprei naquele versão pocket, li, amei e guardei o livro. Mas não sei porque, eu não lembrava de ter lido, e fiquei com ele na cabeça, que eu queria muito ler.

Comprei o livro com essa capa linda, bem mais bonita que a outra capa, mas teve um acontecimento importante no livro, que eu pensei já ter lido, quando eu fui procurar, eu vi o livro e lembrei que já tinha lido, fiquei chocada com isso (risos), mas continuei lendo, li super rápido, e gostei acho que mais do que da primeira vez que eu li.

Jane Austen é uma das minhas escritoras favoritas, não li todos os livros dela, acho que só li três livros, e gostei de todos, mesmo sendo Orgulho e Preconceito o meu preferido.

Conclusão – É um livro lindo, maravilhoso, que eu amo, que vale demais a pena ler, assim como todos os livros da Jane Austen, as cenas são lindas, a forma como ela descreve os ambientes, as pessoas, a forma como ela ironiza os costumes e o modo de agir das pessoas da época, o que mostra como ela era inteligente, como já naquela época ela tinha uma visão a frente das pessoas, é demais, é um livro que tem que ser lido.

E o livro com essa capa, tem o capítulo excluído pela autora, que ela substituiu por dois novos capítulos, que eu achei que ficou bem melhor e mais detalhado. Mas é muito legal ter o capítulo antigo, pra ver como ela tinha escrito antes.

Beijos e ótima leitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s